top of page

Aniversário de São Paulo traz ações na cidade para todos os gostos

Atualizado: 23 de jan. de 2023

Na próxima quarta-feira (25), a cidade de São Paulo completa mais um aniversário. A data traz uma série de ações em comemoração aos 469 anos da metrópole. Tem para todas as idades e gostos. Entre os destaques, espetáculos combinados com som, luz, projeção e animação na famosa Ponte Estaiada, tours gastronômicos, shows gratuitos, oficinas e muito mais.


“Ponte Estaiada” recebe decoração especial


foto: divulgação


O artista plástico e audiovisual Guiné Baulé reuniu-se com outros artistas audiovisuais e cinematográficos para entregar um presente especial para a capital paulista. Trata-se de duas intervenções artísticas: “Cine Ponte SP” e “Bailarinas de Luz”, que acontecem simultaneamente na famosa “Ponte Estaiada” em São Paulo - uma mistura de tecnologia e arte.


Por meio de projeções a laser que dançam ao ritmo de músicas selecionadas pela equipe artística, a apresentação de “Bailarinas de Luz” dá destaque a esse cartão-postal da cidade, desenhando em luz e sombra, novas formas e um novo olhar para o cenário. Este que possui beleza arquitetônica ímpar e muitas vezes passa despercebida por quem mora na cidade.


Já a apresentação “Cine Ponte” conta com animações dinâmicas e frases motivacionais e conscienciosas tais como: “Aproveite a vida”, “Expanda seus horizontes”, "Vamos amar mais", criadas em linguagem cinematográficas, e exibidas na Ponte Estaiada, que tem sua estrutura central de sustentação utilizada como um tela de cinema gigante a céu aberto.


As projeções ocorrem durante a noite e podem ser vistas por milhares de pessoas que passam pelas vias ao seu redor, seja a pé, em automóveis, trens ou bicicletas em um espetáculo inspirador.


Serviço:

Intervenção Visual – Bailarinas de Luz e Cine Ponte SP

Local: Ponte Octávio Frias (Ponte Estaiada)

Período: até 26 de janeiro

Horários de Exibição: das 19h às 22h

Classificação: exibição livre e acesso gratuito

Instagram Guiné Eventos: https://www.instagram.com/guineeventos/

Para saber mais, acesse aqui.


Tour guiado pelo Vale do Anhangabaú


O Espaço Priceless, complexo gastronômico da Mastercard, oferece uma programação especial ao longo desta semana. O público poderá acompanhar um tour guiado pelo Vale do Anhangabaú.

O tour acontecerá a partir de uma parceria com o São Paulo da Garoa. Os participantes serão guiados pelo idealizador do projeto, Rafa Gushi, tendo como ponto de partida o portal do Espaço Priceless. A excursão é gratuita e termina no mirante do local com um drink. Para participar, é preciso se inscrever no site.


“A ação faz parte da premissa de levar o público ao centro da capital paulista e relembrar de pontos históricos importantes da região como o próprio Edifício Alexandre Mackenzie, onde o restaurante está localizado”, conta Edemilson Morais, sócio-diretor da Bem São Paulo e também responsável pela operação do Espaço Priceless para a Mastercard.


Degustação de pratos e drinks exclusivos nos restaurantes Abaru e Notiê



No feriado do dia 25, quarta-feira, o Abaru, bar e restaurante, contará com uma programação musical que vai acontecer das 12h às 21h. Além disso, será possível experimentar um prato e um drink feitos exclusivamente para a data. O Picadinho by Abaru leva carne de sol da casa, arroz branco, farofa de cebola, banana, couve e ovo perfeito. Já o drink Rabo de Galo by Abaru, é uma combinação de cachaça, vermute carpano clássico, bitter de limão artesanal e perfume de laranja. (foto: divulgação)

Ainda em clima de celebração, o Notiê, restaurante fine dining do Espaço Priceless, terá um jantar especial também no feriado. O chef Onildo Rocha, vencedor do prêmio Comer & Beber 2022 na categoria “Chef do Ano”, receberá para um menu preparado a 4 mãos o chef Marcelo Corrêa Bastos, dos restaurantes Jiquitaia, Vista e Lobozó. Para o jantar especial, os chefs prepararam um menu de 6 tempos com alguns pratos emblemáticos, como o cuscuz de frutos do mar e a coxinha de galinha d’ Angola. O comensal pode optar pela experiência com ou sem harmonização.

Show na Avenida Paulista


Para curtir o aniversário da cidade, o Top Center Shopping promove, gratuitamente, o show da Banda Special Queen Cover para os frequentadores da avenida mais famosa de SP, a partir das 13h do dia 25.

A ação tem o objetivo de incentivar a cultura e o entretenimento. Durante a apresentação, o público poderá vibrar ao som da banda que é atual campeã do Coverground. Clássicos como, Kind Of Magic, Crazy Little Thing Called Love e Love of My Life prometem não passar despercebidos na apresentação. (foto: divulgação)

Além disso, para quem quiser aproveitar ainda mais o final de semana, o Top Center conta com inúmeras opções gastronômicas para o público se deliciar, como por exemplo: Keito, Temakeria, Jerônimo Burger, Poke e Poke, Mania de Churrasco, Fi Chips, Bacio di Late, Starbucks e outros.

“Queremos realizar uma comemoração memorável no aniversário de São Paulo, que o público possa vibrar e curtir o show na Avenida que acolhe os paulistanos diariamente. O Top Center apoia e promove a cultura de forma acessível para o público, tornando a experiência de passear na Paulista ainda mais especial.”, afirma Jaqueline Dias, coordenadora de Marketing do Top Center Shopping.

Serviço: Data: 25 de Janeiro Horário: a partir das 13h. Local: Top Center Shopping -- Entrada Principal (Avenida Paulista, 854 -- Bela Vista, São Paulo/SP) Entrada: Gratuita

Ação colaborativa de criação/instalação de uma praia no Museu da Casa Brasileira


foto: divulgação


O Museu da Casa Brasileira, instituição administrada pela Fundação Padre Anchieta, promoverá a oficina ‘Casa na praia’ no jardim da instituição. A atividade acontecerá no dia 25, das 11h às 16h e, para participar, basta se inscrever pelo site do MCB.

A oficina gratuita será uma ação colaborativa de criação/instalação de uma praia, com direito a areia, água, jogos e brincadeiras, e o que mais a imaginação vislumbrar materializar. Crianças e adultos de todas as idades estão convidados a trazer objetos, cadeiras de praia e brinquedos para a composição deste cenário vivo.

A criação da praia se iniciará às 11h e seguirá até as 16h. Para participar, o Educativo MCB recomenda tanto o uso de roupas confortáveis quanto ter uma opção de troca de roupa para as crianças.

Exposições em cartaz


Destaque para a exposição ‘A Casa e a Cidade - Coleção Crespi Prado’ que apresenta as transformações urbanas da cidade na primeira metade do século 20, já que os primeiros moradores do Solar Fábio Prado que hoje abriga o MCB, o casal Renata Crespi e Fábio Prado, foram protagonistas nas mudanças históricas, culturais e urbanísticas de São Paulo.

Para fechar o feriado no Museu, vale aproveitar a visita para conhecer as exposições ‘35º Prêmio Design MCB’, ‘Concurso do Cartaz’, ‘Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB’ e ‘Esculturas Lúdicas - Sara Rosenberg’.

Serviço:

Oficina Casa na Praia com o Educativo MCB

25 de janeiro, quarta-feira

Das 11h às 16h

Inscrições pelo site do Museu.

*Com inscrição prévia para garantir gratuidade na atividade (sem limite de pessoas).


Ações educativas com a confecção de bonecas



O Núcleo de Ação Educativa do Museu da Diversidade Sexual (MDS), instituição da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, organizou uma ação especial na região da República (dia 25), importante área de cultura e memória da comunidade LGBTQIAP+ na Capital paulista.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Ação Educativa do MDS, Val Chagas, a instituição segue no compromisso de garantir uma relação mais próxima com a vizinhança e o bairro. Nesse sentido, a ação terá espaço na Praça Roosevelt e irá propor discussões sobre as temáticas relacionadas ao Museu. "Queremos enriquecer as ações educativas com o máximo de celebrações culturais. Assim, as pessoas recebem, além de meios de socialização e lazer, conhecimentos e novas percepções artísticas", diz.

Além de revisitar histórias invisibilizadas do bairro, os participantes serão convidados a confeccionar bonecas Abayomi, prática artesanal criada pela maranhense Lena Martins e que teve sua narrativa romantizada por muitos anos, através da lenda de que as bonecas foram feitas inicialmente em navios negreiros.


No entanto, como Lena já explicou em entrevistas, as bonecas foram concebidas no contexto de intensificação dos movimentos sociais na década de 1980, no Rio de Janeiro, em razão dos 100 anos da Abolição da Escravatura e da ideia de fortalecer a autoestima do povo negro.


Serviço:

Fora da Curva - recontando histórias

Oficina de bonecas Abayomi

Data: 25/01

Horário: 10h

Local: Praça Roosevelt (SP)


Oficina Cultural Maestro Juan Serrano


A Oficina Cultural Maestro Juan Serrano traz o espetáculo Deu a louca na Chapeuzinho, Emília e Homem de Lata, o qual coloca esses personagens como protetores da cidade de São Paulo e suas florestas. Esta releitura promete ser uma verdadeira confusão, rendendo boas risadas do público. A peça é apresentada pela Cia Teatral Condoreira, no dia 25 de janeiro, das 16h às 17h, e para todas as idades.


O local também recebe o show solo de Sérgio Vinci, composto por voz e violão com canções que falam, cantam e exaltam São Paulo. Além de músicas autorais, seu repertório conta com músicas de compositores consagrados como Caetano Veloso, Eduardo Gudin, Rita Lee, entre outros. A atividade será das 14h às 15h. Para assistir as duas atrações não é necessária inscrição.


Poesias e mais poesias. Uma chuva de poesias


A atividade "A Cidade Falada" acontece no jardim do "Museu Casa das Rosas" e será palco de recitais de poesia falada e apresentações literomusicais com as seguintes atrações: “Paulicéia: Canta Tua Aldeia” e "Viola Antropofágica". As apresentações estão programadas das 14h às 18h sem necessidade de inscrição.


O local ainda preparou ações lúdicas, a fim de estimular a sociabilização entre crianças e familiares, ao longo do dia 25. Entre as ações, estão a "Pescaria de Curiosidades", no qual os participantes "pescam" curiosidades sobre o Museu. Outra atração é a "Chuva de Poesias", por onde a turma escolhe poemas concretos e visuais para ler e discutir a respeito. As atividades ocorrem das 11h às 16h45. Não dependem de inscrição, mas cada uma é limitada para, no máximo, 20 participantes.


Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha


Na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, periferia da zona norte de São Paulo, a comemoração vai ser com o Grupo Partideiros da Antiga trazendo grandes sucessos do samba como os de Adoniran Barbosa, Geraldo Filme, Caetano Veloso, entre outros grandes nomes da música brasileira. A festa será no dia 25 de janeiro, às 15h, e entrada livre.


Tour sobre a Semana da Arte Moderna de 1922


Para quem gosta de caminhar e entender um pouco mais da história da cidade, a atividade "Transbordamentos de 22: do Municipal ao Paissandu, de Santa Ifigênia aos Campos Elíseos, até dizer Chega", tem como objetivo revisitar os lugares de memória do Modernismo na capital paulista, orientados pelos itinerários de Mário de Andrade. A atividade tem a coordenação de Irlani Carvalho, filósofa, pesquisadora e educadora do museu Casa Mário de Andrade, e está agendada para 28 de janeiro, das 10h às 13h. As inscrições poderão ser feitas neste link.


O Ponto de encontro será na entrada principal do Theatro Municipal de São Paulo, local da realização da Semana de Arte Moderna. E seguirá por locais onde o Modernismo transbordou na Pauliceia, como o Ponto Chic no Largo do Paissandu, o ateliê de Tarsila do Amaral em Santa Ifigênia, e os palacetes de Campos Elíseos que foram importantes lugares de sociabilidade dos modernistas.


Passeio e contação de histórias sobre a cidade


No dia 29 de janeiro (domingo), o Sesc Avenida Paulista promove o passeio “Histórias não contadas da cidade", que tem o recurso de tradução em Libras para pessoas com deficiência. Na caminhada, o participante conhecerá a relação entre a trajetória de determinados grupos sociais com a história de São Paulo, explorando locais que vão desde a própria avenida Paulista até o bairro da Liberdade.


Entre os temas abordados, estão a construção da mais famosa avenida da capital, seus trabalhadores, a mobilidade e acessibilidade para diferentes públicos, assim como a presença das populações de LGBTQIAP+, negras e imigrantes na cidade.

O passeio começa no Sesc Avenida Paulista, utilizando o metrô como meio de transporte no percurso e encerrando no Largo da Pólvora. A intérprete de Libras Sylvia Sato acompanhará todo o percurso.

A acessibilidade do Sesc São Paulo - Entendendo seu papel de oferecer a todas as pessoas a possibilidade de usufruir das experiências e dos serviços de sua programação, as unidades da rede possuem estrutura física equipada com rampas, elevadores, banheiros acessíveis e conteúdos em braile. A esse cenário, soma-se a acessibilidade atitudinal do Sesc São Paulo, com capacitação das equipes para que estejam cada vez mais preparadas para acolher os mais diversos públicos.

0 comentário

Comments


bottom of page