top of page

CID World: brasileiro cria um mundo ficcional completo, com um nível de detalhes impressionante



Já imaginou um universo de Cultura Pop como Star Wars, Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Marvel e DC, produzido inteiramente por artistas brasileiros? Que tal então um universo ficcional com conteúdo tão grande e detalhado que abrange mais de 3500 anos de história? E mais, um mundo tão vivo e dinâmico que poderá até mesmo ser acompanhado ao vivo? Pois saiba que este universo de cultura pop já existe. E, é brasileiro!


Trata-se de Cid World, um projeto criado pelo brasileiro Flavio Cimonari, que foi oficialmente iniciado no segundo semestre de 2021, com a fundação da OBC Produção Cinematográfica Ltda e lançamento de um curta-metragem em janeiro deste ano.


Entretanto, o projeto começou com a publicação do livro Cid: A Revelação em 2007. Aliás, foi ainda antes, em meados dos anos 1980, quando Flavio criava os muitos detalhes de um planeta mais completo já pensado na cultura pop – Moa. Região onde que abriga as muitas histórias de CID World.


Dividido em 25 países (alguns deles com sociedades patriarcais e outros matriarcais), com 13 idiomas (cada um deles com seu alfabeto, dicionários e literatura), 6 religiões principais, lendas, contos, história e tradições, Moa é um dos mais completos mundos ficcionais já criados na Cultura Pop.


“Cid World não está limitado por um formato específico de produção. A depender da obra, ela pode pedir animações foto-realistas, caricaturais, estilizadas, em 2D, 3D e até mesmo em live-action. Além disso, permite também que os fãs escrevam múltiplas histórias em variados países e épocas que serão oficialmente integradas ao universo, podendo até mesmo virarem canônicas. Desta forma, pode-se dizer que a essência do Cid World é a diversidade de formatos e o tratamento aos fãs não só como consumidores, mas também como criadores”, explica Flavio.


Outra característica que se destaca perante outros grandes universos da cultura pop é que Cid World não orbita uma saga familiar, um colégio interno, uma joia mágica ou um grupo seleto de figuras sobre-humanas, mas o planeta Moa como um todo. Ou seja, se o leitor/espectador não gosta de um país, uma época ou um personagem, ele ou ela pode simplesmente se apegar a outro. Se guerras e revoluções não são do gosto da pessoa, há campeonatos de esportes, séries musicais, mistérios, romances, lendas folclóricas ou viagens interplanetárias à disposição.


Tudo em CID World está interligado, ao mesmo tempo em que funciona de maneira autônoma. Não há limites para as possibilidades. E o mais interessante é que se trata de um universo ficcional de Cultura Pop criado por artistas brasileiros.


Sobre Flavio Cimonari

Autor, roteirista, escritor, diretor cinematográfico e de animação, o brasileiro Flavio Cimonari é o motor por trás desta franquia de Cultura Pop brasileira. Nascido em Santos, Flavio já publicou três livros e vários contos e histórias sobre os povos de Moa, que habitam no universo ficcional de CID World.


Vale a pena dar uma conferida!





0 comentário

댓글


bottom of page