top of page

Comemore o Dia Nacional do livro infantil com obras gratuitas disponíveis na BibliON


Hoje, dia 18 de abril, comemora-se o Dia Nacional do Livro Infantil, data escolhida para homenagear a literatura nacional e marcar o nascimento de Monteiro Lobato, em 1882, considerado o pai da literatura infantil brasileira. Mas muito além de uma homenagem, a ocasião é uma forma de ressaltar a relevância da leitura no desenvolvimento da criatividade, da imaginação e da habilidade narrativa das crianças. Além disso, o momento da leitura com os pequenos fortalece os seus vínculos afetivos e culturais. Por isso, a BibliON, biblioteca digital gratuita de São Paulo, traz uma série de obras gratuitas na plataforma, assim como o acesso ao podcast “Criança Lê”, que tem como propósito oferecer a crianças e adolescentes subsídios que propiciem debates e reflexões a respeito dos temas propostos nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS). Os episódios estão disponíveis nos principais agregadores de podcasts.


Para utilizar o serviço gratuito, basta que os interessados acessem www.biblion.org.br ou baixem o aplicativo BibliON, disponível no Google Play e na Apple Store e realizem um breve cadastro. O usuário pode fazer empréstimos de até duas obras simultâneas, por 15 dias. A BibliON permite, ainda, ações como organizar listas, adicionar favoritos, compartilhar um livro como dica de leitura nas redes sociais, fazer reservas, ver histórico e sugerir novas aquisições. Por meio de princípios de gamificação, os associados conseguem acompanhar as estatísticas do tempo dedicado à leitura e participar de desafios.


O sistema de busca permite a utilização de diversos filtros, como tema, autor, categoria ou título. É possível ler em dispositivos móveis, sem a necessidade de usar dados do celular, por meio do download prévio do título ou, ainda, ajustar o tamanho da letra e o contraste da tela; escolher diferentes modos de leitura para dia ou para noite e acionar a leitura em voz sintetizada, para saída em áudio do texto.

Confira os livros selecionados:

Monteiro Lobato -Nereide S. Santa Rosa

Além de criar os famosos personagens infantis - Emília, Narizinho, Visconde de Sabugosa, Dona Benta e tantos mais -, Monteiro Lobato brigou por suas ideias e opiniões, marcando sua presença no cenário brasileiro. Neste livro, que faz parte da coleção Crianças Famosas, os autores contam como foi a infância do escritor.


O Picapau Amarelo -Monteiro Lobato

Monteiro Lobato foi o primeiro escritor a usar, em histórias para crianças, elementos da cultura nacional, como os costumes do interior do Brasil e as lendas de nosso folclore. Em suas obras, personagens brasileiros e da literatura universal, do cinema, da mitologia grega contracenam de forma natural e espontânea. Emília, a boneca de pano, Pedrinho e Narizinho, o Visconde de Sabugosa, a Cuca e o Saci Pererê, animais falantes, príncipes e princesas dos contos de fadas, heróis gregos e personagens mitológicos se encontram e interagem sem barreiras. Em linguagem simples e coloquial, misturando realidade e fantasia em aventuras divertidas e emocionantes, questionando, apresentando ideias enriquecedoras, a obra de Lobato se transformou em um clássico da literatura brasileira. Em O Picapau Amarelo (1939), a turma do sítio se encontra com seres da mitologia grega, como Pégaso e a Quimera, personagens de contos de fadas europeus, como Cinderela, o Pequeno Polegar, Chapeuzinho Vermelho, e personagens clássicos da literatura, como o Capitão Gancho, Peter Pan, Dom Quixote... É que o Mundo da Fábula resolveu se mudar para o sítio com seus castelos, suas carruagens, seus animais – e foi então que as mais incríveis aventuras começaram.


"Reinações de Narizinho" é um livro de fantasia e infantil, publicado em 1931, que serviu de propulsor à série que seria protagonizada no Sítio do Picapau Amarelo. É um clássico da literatura, e até hoje serve de inspiração para muitos autores infantis, como Ana Maria Machado, Ruth Rocha, Pedro Bandeira e muitos outros. Composto de várias pequenas histórias, algumas plenamente originais, enquanto outras são combinações utilizando histórias e personagens já conhecidos, como a visita dos personagens do Mundo das Maravilhas, incluindo as princesas Branca de Neve e Cinderela e Aladim.

Visitando Sonhos - Heloisa Prieto

A obra Visitando Sonhos leva o leitor a viajar por universos imaginários e a descobrir novos significados que transformam seu olhar em relação ao mundo. O livro de Heloisa Prieto é uma espécie de jogo com o leitor. Aqui encontramos de tudo: encantamento, humor, realismo e, ao mesmo tempo, uma boa dose de maluquice. Sinta o terror de um pesadelo e a surpresa de um sonho que vem visitá-lo. Divirta-se!


Brinco de Listas - Ana Maria Machado

Em Brinco de listas, Ana Maria Machado, uma de nossas mais importantes escritoras, brinca com as palavras de um jeito leve e divertido. O livro traz dez poemas que apresentam ao leitor a brincadeira com a linguagem. Versando sobre o mesmo tema, listas, a autora procura resgatar o hábito de se fazer listas para lembrar as obrigações do dia a dia por meio de situações surpreendentes e comparações incomuns, explorando em seus poemas a sonoridade, as rimas, repetições e a musicalidade.


Brinco de Listas - Ana Maria Machado

Em Brinco de listas, Ana Maria Machado, uma de nossas mais importantes escritoras, brinca com as palavras de um jeito leve e divertido. O livro traz dez poemas que apresentam ao leitor a brincadeira com a linguagem. Versando sobre o mesmo tema, listas, a autora procura resgatar o hábito de se fazer listas para lembrar as obrigações do dia a dia por meio de situações surpreendentes e comparações incomuns, explorando em seus poemas a sonoridade, as rimas, repetições e a musicalidade.


Pequeno Grande Herói - Angela Leite de Souza

Com sua inteligência sensível, própria dos poetas, mesmo quando escrevem em prosa, Angela Leite de Souza nos reconta a história de um jovem herói chinês. Acompanhando um relato bem próximo da realidade que o inspirou, assistimos à assustadora consequência de um dos inevitáveis desastres naturais - o terremoto -, dos quais nenhum lugar do mundo pode se dizer livre. O garoto Xiao Li, de nome tão curto, é levado a agir de forma grandiosa ao decidir ajudar os que estão na mesma situação que ele. Ao abordar um tema que andava ausente dos textos para jovens, "Pequeno Grande Herói" renova uma literatura que trata de valores essenciais à humanidade: a cooperação, a esperança e a amizade. Lino de Albergaria.



0 comentário

Commentaires


bottom of page