top of page

Conceitos das Religiões de Matrizes Africanas com Gislaine Vicente no Canal Angelini

Atualizado: 6 de dez. de 2022


arte: divulgação


O rádio completa 100 anos no Brasil. A participação de Padres e pastores é bastante comum e em programas e alguns são até donos de emissoras. Um programa de rádio sobre as religiões de matrizes africanas tem chamado a atenção e colaborado com a quebra do preconceito. Apresentado na Rádio Sensorial FM, a cultura afro é explicada pela jornalista Gislaine Vicente no Candomblé Total.


Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 0,3% da população brasileira se declara integrante de religião de matriz africana. Infelizmente, é grande o preconceito com as pessoas que seguem o Candomblé e a Umbanda, assim como o Catimbó.


“É importante combater o preconceito, entender os conceitos das religiões de matriz africana e o sincretismo que é praticado no Brasil. Num momento de tantos enfrentamentos contra centros de umbanda e candomblé, é preciso explicar o que cada coisa significa e acabar com a imagem de feitiçaria. A Gislaine Vicente é uma pessoa que traz, pela comunicação, as explicações para a aceitação de praticantes de outras religiões. Além de uma conversa muito interessante, combater o preconceito é uma das atitudes para o Encontro da Paz”, diz Cris Angelini.


O programa “Religiões de Matrizes Africanas”, com Gislaine Vicente, estreia dia 8 de dezembro, Dia de Oxum, conhecida como a deusa do amor e orixá das águas, pelo Canal Angelini no YouTube no Spotify.

0 comentário

Opmerkingen


bottom of page