top of page

Filmes, séries e telejornais são os conteúdos preferidos dos brasileiros, segundo pesquisa


Crédito: Erik Mclean - Unsplash


Sucesso comercial, o Big Brother Brasil atrai anualmente uma série de marcas dispostas a pagar milhões para anunciar no programa. No entanto, o formato de conteúdo passa longe de ser o preferido dos brasileiros. Segundo a Hibou - empresa de pesquisa e insights de mercado e consumo - o formato tem a preferência de apenas 22% das pessoas. Os dados fazem parte da pesquisa inédita “Audiência - O que o brasileiro assiste e por quê", que contou com mais de 1900 respostas válidas, por meio de um painel digital realizado no último mês de janeiro.

“Sabemos que existem diferentes gostos e hábitos relacionados ao consumo de conteúdos. Seja por lazer ou para manter-se informado, o brasileiro gosta de se entreter e os streamings vieram ampliar esse hábito. Tal comportamento foi facilitado pelo amplo acesso à internet, além do poder de consumo de diferentes dispositivos pelos quais é possível assistir a séries, filmes, novelas, ou ainda acessar o jornal do dia anterior, por exemplo”, observa Ligia Mello, coordenadora da pesquisa e sócia da Hibou.


Entre os destaques do levantamento, a TV ainda é a tela principal de consumo de conteúdo dos brasileiros com 92% das preferências. Os celulares aparecem em segundo lugar, com 55%; seguidos pelos computadores (14%) e os tablets (4%).

Em relação a gênero, a maior preferência são os filmes com 80%. Séries vêm logo atrás com 73% e os telejornais com 59%. As novelas aparecem com 33%, desenhos, animações e animes com 27%, programas de auditório 25%. Por fim, os reality shows com apenas 22%.

Filmes

Foram 251 títulos citados pelos brasileiros. O ranking dos top 5 é formado por produções de diferentes tipos e que empatam entre si. São eles: “À espera de um milagre”; “Top Gun”; “Poderoso Chefão”; “Milagre da cela 7”; “Avatar”; “Titanic”; “Vingadores”; “Uma linda mulher”; “Harry Potter”; “Senhor dos anéis” e “Como eu era antes de você”.

Já entre os que não assistem a filmes, as declarações estão mais relacionadas à falta de hábito (45%) do que ao não gostar (18%). A disponibilidade de horários para assistir na hora que querem afeta a 19% e 15% se queixam por não serem transmitidos dentro dos seus horários de lazer. 13% não se interessam por não notarem novidades.

“A falta de diferenciais é o verdadeiro plot twist entre os gêneros. Para quem produz conteúdo, estar de olho nas tendências, buscar inovações e temas diferenciados são iniciativas que podem gerar grande atrativo para um público ansioso por coisas novas”, analisa Ligia.

Novelas

Famosas no Brasil por seus enredos, as novelas são produções acompanhadas por 33% dos entrevistados. Destes, 30% apontam o consumo das novelas por hábito e 24% acompanham as tramas enquanto realizam outras atividades. Elas atraem 48% que gostam do formato; 37% acompanham como um meio de diversão e 34% como forma de relaxar ou se desligar da rotina.

Foram citados 66 títulos de novelas considerados como os melhores de todos os tempos, o Top 5 é composto por: Pantanal (25%) e Avenida Brasil (11%). Abaixo de 0,7% das preferências estão: A viagem; O cravo e a rosa; Vale tudo; O Clone; Roque Santeiro e Caminho das Índias.

Séries Entre os 73% que amam as histórias contadas em formato de série, a possibilidade de assistir quando quer é um diferencial importante. 51% gosta do estilo porque consegue ver na hora que deseja, reforçando o crescimento do streaming na rotina.

Dentre os 183 títulos de séries citados como os melhores de todos os tempos, os que ranquearam no TOP 5, são: “Game of Thrones”; "Grey's Anatomy”; “This is us”; “Friends”; “Breaking Dad”; e “La Casa de papel”. Essas séries caem no gosto de 60% dos brasileiros pelo formato; 53% vêem as produções como diversão; e 38%, como momento para relaxar ou se desligar da rotina.

Telejornais

59% dos brasileiros gostam de acompanhar os telejornais, principalmente para se manterem informados - concordância entre 90% dos entrevistados. Entre aqueles listados como os melhores de todos os tempos, 55 títulos foram mencionados e a programação da rede Globo está entre os que ocupam o TOP 5. Em primeiro lugar está o Jornal Nacional (TV Globo), para 38%. Os demais telejornais estão abaixo de 0,7% das preferências e são: SPTV; Jornal da Band; Jornal Hoje; Jornal da Jovem Pan; CNN; Globonews; Jornal da Globo e Band News.

37% assistem aos telejornais por hábito e 36% por gostarem do formato. Para 32%, eles refletem situações da vida real; para 30% os jornalistas, âncoras e a produção em geral fazem a diferença; e 19% creem que sempre há algo novo nesse tipo de programação.

Reality Show

O formato conquistou o público e ganhou diferentes temas, elencos e temporadas. Para os 22% que consomem o formato, a diversão (77%), a confusão e os barracos (42%) são os motivos de interesse. 13% concordam que assistem por hábito, 21% por refletir situações da vida real e 27% por sentirem relaxamento e desligamento da rotina.

Por outro lado, há uma grande parcela que não vê nada de interessante e prefere outros gêneros. 71% não se interessam por não ver graça, 58% declaram que não gostam do formato e 39% não consideram diversão e descontração. 8% não se interessam porque avaliam que os reality shows não apresentam situações da vida real.

22 títulos foram citados como os melhores de todos os tempos, com os dois primeiros lugares ocupados por BBB (70%) e A Fazenda (12%). Os demais representam 02% das preferências cada e são Masterchef, De férias com o ex, Casamento às cegas e Casa dos Artistas.

Desenhos animados e Animes

Entre os 27% que gostam de desenhos animados, animações e animes, o gosto e a diversão são importantes. 5 em 10 brasileiros não possuem o hábito de consumir estes gêneros e isso é uma boa oportunidade para gerar curiosidade e atrair um novo público.

Dos 85 títulos mencionados como os melhores de todos os tempos, estão entre os cinco primeiros: Pica Pau; Naruto; Tom e Jerry; O Rei Leão; Divertidamente; Turma da Mônica; Dragon Ball; Três espiãs demais e Procurando Nemo.

Programas de Auditório

Os programas de auditório, gênero preferido de 25%, oferecem entretenimento e diversão para aqueles que consomem o formato. Inclusive, 26% deles assistem por hábito e outros 26% porque ajudam a relaxar e fugir da rotina. 75% se divertem vendo programas de auditório e 49% assistem porque gostam. 12% se emocionam com os quadros exibidos e 9% admiram as boas histórias contadas.

Entre os 22 citados estão no topo da lista o Caldeirão com Mion; Programa Sílvio Santos; e Domingão com Huck. Na sequência foram citados The Voice; Caldeirão do Huck; Domingo Legal; Chacrinha e Domingão do Faustão.

0 comentário

Kommentare


bottom of page