top of page

Plataforma #CulturaEmCasa apresenta programação especial de Natal


crédito: divulgação


A #CulturaEmCasa, primeira plataforma gratuita de streaming e vídeo por demanda do país sob a gestão da Amigos da Arte, apresenta uma programação especial de Natal. A programação contará com: A Cantata de Natal 2022 da Companhia Vocal, o ballet “Lago dos Cisnes”, “O Natal Encantado de Alice” e o documentário “O Som dos Sinos”.


Com novo repertório, a Cantata de Natal será transmitida às 21h e promete repetir o sucesso de 2021. No repertório constam “Então é Natal”, “Jingle Bells”, “Boas Festas” e “All I Want for Christmas is You” em ritmos de jazz, pop e gospel. O show traz uma diversidade de clássicos natalinos nacionais e internacionais, todos cantados em português.


A apresentação é feita pela Companhia Vocal, com produção da Motivo Live Inspirations, sob direção de Rafael Villar e Paula Flaibann e participação dos cantores Pedro Navarro, Ana Villar, Amanda Vicente, Felipe Hideky, Larissa Carneiro e Felipe Domingues. Todos acompanhados por um quarteto instrumental, com Ivo Vatanabe na bateria; no violão e guitarra, Matheus Herrera; no baixo, Victor Kutlak; e no piano, Gabriel Fabbri.


No dia 25, às 15h, é a vez de “O Natal Encantado da Alice”, uma continuação do “Chá da Alice” que termina com a promessa da personagem em voltar na semana seguinte para fazer um chá especial para a Rainha Vermelha. O que só será cumprido no Natal, quando ela volta para comemorar com os amigos e novamente não convida a Rainha. Sob a produção da Yeshua Produções, Teatro Estadual de Araras, a obra conta com texto de Denise Frances e Flávio Bueno, direção e músicas originais de Flávio Bueno e a produção executiva de Denise Frances.


Em 29 de dezembro, O Lago do Cisnes, um dos clássicos do balé chega ao #CulturaEmCasa, com coreografia de Mario Galizzi e direção artística de Inês Bogea. A apresentação traz um príncipe que precisa escolher sua pretendente, se sente atraído por um lindo cisne, que na verdade é uma bela jovem aprisionada todas as noites pelo mago Rothbart. Uma das mais belas histórias de amor, este lindo e icônico balé dramático foi realizado pela primeira vez por uma companhia de São Paulo, com os artistas integrantes da companhia.


Já o documentário mineiro, de 2016, "O Som dos Sinos", permite uma imersão pelo universo simbólico da fé, do tempo e das cidades onde reverbera o som dos sinos de Minas Gerais. Os sineiros, do alto das torres, aprendem como comunicar mortes, partos, incêndios, horários sacros e missas. O filme é uma representação da experiência religiosa no cotidiano das cidades onde ecoam os toques dos sinos, que, junto com o ofício sineiro, foram considerados patrimônios culturais imateriais brasileiros pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).


A programação do #CulturaEmCasa também conta com outras atrações imperdíveis.


Acesse a programação completa da plataforma aqui ou baixe o aplicativo disponível na GoogleStore e AppleStore gratuitamente.


Conheça o #CulturaEmCasa:


A plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa tem a missão de ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuitos e difundir a intensa produção cultural do Estado de São Paulo, seus equipamentos e municípios. Em dois anos, a #CulturaEmCasa atingiu 4,4 mil cidades do Brasil e 166 países. A plataforma foi responsável pelo emprego direto e indireto de mais de 21 mil profissionais do setor, entre artistas, produtores e técnicos.


A ferramenta reúne também conteúdos do Teatro Sérgio Cardoso, do Teatro Estadual de Araras, além de diversos programas de difusão cultural como o Festival de Circo Online de São Paulo, o #CircuitoSP Online, a #ViradaSP Online, e o #SPGastronomia. Integram ainda a programação da plataforma, diversas iniciativas das instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, entre as quais a Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo), a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, a São Paulo Companhia de Dança, o Conservatório de Tatuí, o Projeto Guri, Fábricas de Cultura, TV Cultura, Bibliotecas, e os Museus da Imagem e do Som.


Além do MIS Experience, do Futebol, Índia Vanuíre, Casa de Portinari, Felícia Leirner/ Auditório Claudio Santoro e dos museus casa-literários, Casa das Rosas, Casa Mário de Andrade e Casa Guilherme de Almeida.


Redes Sociais:

https://www.instragram.com/culturaemcasasp/

https://twitter.com/culturaemcasasp


0 comentário

Comments


bottom of page