top of page

Druzina Content desembarca no Festival de Berlim com filmes e novos projetos


Trecho reprodução do documentário Exu e o Universo - crédito: divulgação


A Druzina Content, multipremiada produtora com mais de 15 anos de experiência no mercado de inovação audiovisual e produção de conteúdo, abre a temporada 2023 de participações em grandes eventos da indústria cinematográfica, no Festival de Berlim e também no European Film Market. A empresa leva na bagagem uma série de lançamentos e apostas de seu catálogo, entre curtas, longas e documentários. Cada um deles em diferentes estágios de produção e comercialização.

Entre os destaques está “Exu e o Universo” (“Èṣù and the Universe”), um documentário de Thiago Zanato filmado no Brasil, Nigéria, Espanha e Eslovênia. O filme, uma coprodução da Druzina Content e Livres Filmes, aborda a descolonização do pensamento e a influência do povo iorubá na diáspora e traz no enredo a história de um nigeriano e sua comunidade que, no Brasil, lutam para provar que Exu não é o Diabo.

"É um filme 100% independente e estamos em Berlim para nos reunirmos com diversos programadores de festivais para fecharmos a première europeia. O filme foi lançado há alguns meses no no Festival do Rio e foi premiado como Melhor Filme, e na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, ganhou o Prêmio do Público e Melhor Documentário. Agora, essa produção vai passar por vários laboratórios mundiais como WIP Latino no Festival de Cine Internacional, de Guadalajara, e "Only in NY", no DOC NYC (New York's Documentary Festival), e as expectativas são muito boas", conta Luciana Druzina, CEO da Druzina Content.

Outro projeto é o Ghost Labour (“Trabalho Fantasma”). Escrito e dirigido por Fábio Baldo, o longa de ficção científica acompanha uma série de fenômenos misteriosos que passam a ocorrer em uma pequena fazenda familiar quando uma grande empresa de biotecnologia se instala na região. Uma parceria entre as produtoras Plano B Filmes, Druzina Content, Filmes da Gruta e Lazuli Filmes, a obra está em fase avançada de desenvolvimento e já conta com parte de seu financiamento no Brasil.

Game Girls, que aborda o universo dos games sob o ponto de vista das mulheres, é outra produção que também está buscando janelas de festivais internacionais. Em fase de pós-produção, o documentário, destinado ao público adolescente, aborda o universo dos games a partir do ponto de vista feminino. O filme é uma parceria entre a Druzina Content e a Horizonte Líquido.

“Estamos muito animados com tudo o que vamos levar para a Berlinale, incluindo o documentário “Garotas do Game”, um dos principais produtos deste ano, e alguns conteúdos apresentados pela primeira vez no Festival. Estamos a todo vapor com vários projetos já em fase de pré-produção e vamos com tudo para o mercado, pois queremos encontrar parceiros estratégicos para colocar estas produções no mundo.”, celebra Luciana.

A Druzina também integra a delegação formada por integrantes do Cinema do Brasil. Entre as atividades promovidas pelo grupo em Berlim está o estande localizado no Martin Gropius Bau, um dos mais importantes espaços expositivos da cidade, que estará à disposição para reuniões de seus associados. Veja a lista completa das produções e coproduções da Druzina Content na 73ª Berlinale e no European Film Market 2023.

0 comentário

Comments


bottom of page