top of page

Somzeira: Rodrigo Pirituba - samba e rap lado a lado



A partir de hoje damos início a seção "Somzeira". Nela, vamos apresentar artistas independentes de todos os gêneros e estilos.


Para a estreia vamos apresentar o músico Rodrigo Pirituba, um dos fundadores do Farufyno e ex-percussionista da banda Black Rio que também tem um trabalho autoral que vale muito a pena!!!


Percussionista de longa data, o menino da periferia cresceu rodeado pela música. São mais de 20 anos levando a arte pelo Brasil a fora.


Na bagagem alguns cd´s gravados com o Farufyno e anos de rodagem com a Black Rio, onde dividiu o palco com ícones da música popular brasileira como Elza Soares, Ed Motta, Criolo, William Magalhães, entre outros,


O seu trabalho solo traz algumas misturas de instrumentos inusitadas, sempre exaltando a cultura popular brasileira. Pandeiro, cuíca, agogô, bases de rap, surdo, violão, bateria, cavaquinho e berimbau são alguns dos escolhidos.


As canções, em sua maioria, são inspiradas no seu cotidiano, na boemia do

samba, e no seu bairro do coração, a saudosa Pirituba. Inclusive, “Jeito

Pirituba” (Rodrigo Pirituba/ Juliano Juba), é um sucesso entre a rapaziada do samba e do rap.


Pirituba define a música assim: "É uma homenagem ao bairro que cresci e esteve tão presente na minha vida que merece essa homenagem. Lá fui criado, lá aprendi meus valores, lá exército minha religiosidade, lá está a minha raiz”.


O seu trabalho autoral pode ser escutado nas plataformas digitais:




0 comentário

Comments


bottom of page