top of page

Vai paquerar no Carnaval? Então dá uma olhada nessas dicas pra não passar dos limites, ok?


Pessoas curtindo o carnaval
Imagem de fernando zhiminaicela por Pixabay

O carnaval é um momento de festa, alegria, curtição e muita azaração. E quando o assunto é a paquera, é preciso entender os limites do outro para não se transformar em assédio. E lembre-se, assédio é crime.


Então se você quer paquerar sem extrapolar o limite, confira as dicas da Sexóloga e Terapeuta  Sexual, Tamara W. Zanotelli, e aproveite muito o carnaval.


Não exagere na bebida alcoólica

Pra começar, já vamos destacar que o álcool é o inimigo número um de quem está na azaração em plena folia de Carnaval. A bebida descontrai, mas também pode provocar exageros e atitudes compulsivas, fazendo a galera extrapolar na hora da paquera. Sem contar que no caso dos homens a bebida alcoólica pode até fazer o parceiro passar aquela vergonha na hora do vamos ver, pois pode afetar e muito negativo a ereção e consequente a falta de um orgasmo, levando àquele sexo demorado que se torna um caos para a parceria. 


Respeito e consentimento são palavras de ordem, tá bem?


Ou seja, você deve sempre respeitar os limites do possível parceiro e não invadir a liberdade consentida. O consentimento explícito é parte importante para você seguir adiante e até antes de fazer qualquer ato sexual, seja com uma pessoa que você conhece ou não.


Você precisa estar consciente de seus comportamentos e atitudes e por isso, menos bebida,  Não exagere pra não passar vergonha e ser inconveniente, assim você vai evitar atitudes que podem perpetuar estereótipos de gênero e impor limites aos seus próprios desejos e vontades.


Respeite o NÃO. Não é não. Não esqueça disso. 


Abordagens invasivas na hora de investir em alguém não valem. Não insista ou pense que o não é um talvez e o mesmo vale para o que as pessoas demonstram. Ser simpático não é sinônimo de consentimento para um beijo. Não confunda o momento de alegria como uma vantagem para suas vontades”, detalha Tamara.

Dê espaço para a pessoa. Não fique cercando, fazendo comentários desagradáveis ou limitando o espaço de circulação dela. Vale observar e entender se o outro está na mesma vibe que a sua, fechado?!


Uma última dica


Use proteção se você se envolver em atividades sexuais durante o carnaval, lembre-se da importância do uso de preservativos para prevenir as ISTS e, claro, também uma gravidez não planejada.


Lembre-se que, além de serem aliados na prevenção da gravidez não planejada e no combate as ISTS, os preservativos podem ser divertidos e trazer um toque a mais de alegria para a intimidade e com isso ampliar a sensação de prazer. Com opções coloridas, com sabores deliciosos e texturas variadas, há uma infinidade de escolhas para tornar a experiência mais leve e prazerosa. Pense neles como super-heróis disfarçados, fornecendo uma camada extra de proteção invisível e garantindo momentos de diversão sem preocupações. Afinal, é importante cuidar da saúde sem deixar de lado a alegria e o bom humor.


Então, com esse pensamento e respeito, bora curtir e sambar muito!!


Sobre Tamara W. Zanotelli:                

                                                            

Sexóloga e Terapeuta  Sexual Palestrante Empresária. É pós-graduada em Sexologia pelo ZAYN Sexóloga formada pela instituição CTSex, Consultora de Saúde e Educação Sexual pelo CTsex. Graduada em TCS terapia cognitiva Sexual Extensão em Sexologia Forense  pela Novaclase. Terapeuta Sexual pelo instituto Pedras Verdes. Terapeuta Tântrica pela  escola Metamorfose Evandro Palma e Membro da ABRASEX - associação brasileira dos profissionais de saúde, educação e terapia sexual.



0 comentário

Comments


bottom of page